segunda-feira, 7 de abril de 2008

Mudanças

Ontem foi o dia de esvaziar o apartamento e encher o caminhão da mudança. 132 caixas (a maioria de CDs, DVDs, livros, LPs e VHS), 83 itens avulsos, num total de 215 volumes. O caminhão lotou. A bicicleta teve que ir pendurada do lado de fora.

Foram seis horas de muito trabalho, sem almoço, enquanto o motorista do caminhão com cara de Frankenstein (o morotista, não o caminhão) bebia do licor de melancia que eu havia tirado da geladeira. Resultado: acordei hoje com sintomas de gripe.

Agora tenho duas semanas para conseguir um endereço em Petrolina (ou Juazeiro) onde eu possa receber tudo isso. Duas semanas em que estarei rezando para as minhas coisas chegarem, e de preferência inteiras.

Terça-feira é pegar o avião para o Recife. Quarta e quinta, dirigir os 800 quilometros até Petrolina. Sexta, fazer a burocracia da contratação. Depois é começar a trabalhar, procurar uma casa e esperar o tal do caminhão.

Nenhum comentário: