quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Tourist Information 25 - Vapor do Vinho

Para quem deseja fazer um passeio diferente, e/ou conhecer várias das principais atrações da região num único dia, o Vapor do Vinho é uma alternativa extremamente interessante e muito elogiada por todos que já o conhecem, incluindo eu mesmo. Trata-se de uma iniciativa inovadora do Luiz Rogério, empreendedor turístico e proprietário da barca Rio dos Currais, que tradicionalmente faz roteiros fluviais na região (veja postagens anteriores aqui e aqui).

Através de uma parceria com a Fazenda Ouro Verde, de propriedade da vinícola Miolo e produtora da marca Terranova, entre outras, o Vapor do Vinho é um passeio de dura um dia inteiro e leva o turista para conhecer a vinícola, uma fazenda produtora de frutas, a represa de Sobradinho, a eclusa da barragem de Sobradinho e, finalmente, o trecho do rio São Francisco situado entre Sobradinho (BA) e Petrolina (PE).

O ônibus que leva os visitantes (grande, novo e confortável) parte logo cedo da orla de Petrolina e pára, depois de cerca de 50 minutos de viagem, na Fazenda Ouro Verde, onde todos são conduzidos por guias especializados da própria vinícola para conhecer o processo produtivo. Finalmente, ocorre a degustação dos itens produzidos localmente, como vinhos, espumantes e brandy, num elegante salão que também serve como loja para comercialização dos mesmos.

Em seguida, os visitantes são conduzidos para uma fazenda produtora de uvas e mangas para exportação (vizinha da vinícola), onde também há uma rápida explicação sobre o seu funcionamento e os seus produtos, além da degustação dos frutos. Terminada essa parte, já por volta do meio-dia, o grupo é conduzido para a barca Rio dos Currais, que subiu o rio na véspera e recebe os passageiros para a travessia da represa e o retorno para Petrolina. No meio do caminho, a passagem pela eclusa é um espetáculo que mobiliza a atenção, a curiosidade e, naturalmente, as máquinas fotográficas de todos os presentes. Afinal de contas, descer uma barca lotada de passageiros por 31 metros de altura até alcançar o nível do rio na saída da represa não é nada senão um espetáculo realmente surpreendente.

No retorno, os visitantes podem, durante as cerca de quatro horas finais da viagem, apreciar a brisa e a paisagem das margens baiana e pernambucana do rio São Francisco. Além disso, é possível também desfrutar a excelente comida de bordo, incluindo petiscos, bebidas variadas e também o almoço self-service. A hospitalidade e a diversão continuam com a boa e animada música ao vivo, proporcionada por profissionais que demonstram bom gosto na escolha do repertório e possuem grande empatia com os passageiros. Parabéns ao Luiz Rogério por mais essa iniciativa!

Para assistir uma reportagem elaborada pela TV Grande Rio (afiliada local da TV Globo) sobre o passeio, clique aqui.

2 comentários:

Daynara Aparecida disse...

O vapor do vinho realmente é uma excelente novidade na região que só tende a crescer na área enológica.

Podíamos marcar um passeio com todo grupo das Jornadas.. um final de semana regado à vinho bom, música, brisa boa e, é claro, fotografia.

Abraços

Marcus Ramos disse...

Olá Daynara,
Legal você comentar isso, estou organizando algo exatamente nessa linha para o mês de setembro. Em breve darei mais notícias!
Abraços.