sábado, 29 de setembro de 2012

Haja paciência

O que significa, afinal de contas, ser político em véspera de eleição? Pelo menos aqui onde estou, e pelo que eu vejo, significa fazer parte de um minúsculo grupo, um bando de endinheirados que contratam bandos de miseráveis para se vestir de palhaços nas ruas e promover a poluição sonora e visual da cidade em níveis jamais imaginados. No que se refere à pobreza de espírito, estupidez generalizada e falta de respeito à inteligência dos eleitores, parece que a missão é desempenhada pelos próprios políticos, sem terceirização. Espero que a cidade sobreviva a tudo isso. Não apenas antes mas, principalmente, depois das eleições.

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Atrapalhando o caminho

Pode ser coincidência, mas desde abril de 2008, quando eu me mudei para cá, eu nunca vi uma árvore sendo plantada na cidade. Em compensação, eu sempre vejo árvores sendo derrubadas. Em frente ao prédio onde eu moro, por exemplo, eliminaram todas as quatro, uma de cada vez, de forma espaçada e sem ninguém perceber. A última vítima foi esquartejada e subtraída nesse último final de semana. Numa cidade onde a aridez, o calor e a falta de sombra nas calçadas são grandes problemas, as árvores poderiam desempenhar um papel fundamental na melhoria da qualidade de vida dos seus habitantes, mas isso não parece ter importância para ninguém. Será que pelo menos algum desses políticos que vem infernizando as nossas vidas com as suas algazarras e arruaças diárias possui alguma proposta para mudar essa situação?

Auto do Salão do Automóvel

Fica em cartaz até o próximo dia 21/10, no teatro Hermilo Borba Filho em Recife, a peça "Auto do Salão do Automóvel" de Osman Lins. Mais informações no site do G1. A produção, parte de uma trilogia que pesquisa e recupera a história do teatro pernambucano, é da minha amiga Stella Maris Saldanha, que também atua na peça. A fotografia que ilustra a matéria publicada é minha.

P.S. A temporada foi prorrogada até o próximo dia 28/10. A matéria que saiu na Revista Continente de outubro traz mais informações sobre a peça, e é ilustrada com fotos de minha autoria. A versão online (reduzida) está disponível aqui.

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

São Paulo das cores

Da esquina da Teodoro Sampaio com a Oscar Freire, até a esquina da Paulista com a Peixoto Gomide, numa boa caminhada pela própria Oscar Freire, pela Augusta e finalmente pela Paulista.

Galeria Melissa

A Galeria Melissa, localizada na rua Oscar Freire, no bairro dos Jardins em São Paulo, funciona num amplo saguão aberto, no acesso à loja onde são vendidos produtos da mesma marca. Sempre que eu estou em São Paulo eu gosto de passar por lá, pois o espaço é aproveitado de forma criativa, com pinturas, grafites e desenhos muito interessantes. Dessa vez eu me surpreendi com uma grande coleção de grafites de rostos femininos pintados em cores vivas em fundo branco e com linhas bem destacadas. As fotos foram tiradas no início de setembro, por isso não sei se continua lá. Mas se estiver, vale a pena conferir pessoalmente.

sábado, 22 de setembro de 2012

117 anos com a Opus 68

Concerto da orquestra Opus 68 realizado na noite de ontem na catedral de Petrolina em celebração ao 117º aniversário da cidade, comemorado hoje. Ótima música, ótimo lugar, ótima oportunidade para rever os amigos, incluindo o maestro Luciano Silva.

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Tourist Information 29 - Triunfo

Triunfo (distante cerca de 380Km de Petrolina, na divisa entre os estados de Pernambuco e Paraíba) é um destino turístico importante na região. Conhecida pelo frio intenso, a cidade tem cerca de 15.000 habitantes, dos quais metade vive na zona urbana. Sede de festivais diversos e do Circuito de Inverno, realizado pelo governo do estado, ela possui atrações únicas, como é o caso do Bico do Papagaio (ponto mais alto do estado de Pernambuco, com 1.260m de altura), do teleférico (único do estado), do Museu do Cangaço, da Casa Grande das Almas, do convento Stella Maris, do engenho, entre outras, sem falar dos caretas, manifestação cultural tradicional da cidade.

No entanto, é o seu patrimônio arquitetônico o que mais me chama a atenção no lugar. Basta uma simples volta por alguns quarteirões do centro da cidade para se deparar com uma riqueza incalculável, de grande impacto visual e bem preservada, e que conta uma bela história na forma de casas, casarões, teatro, igrejas e museus centenários. A viagem é um pouco longa (~6 horas de carro a partir de Petrolina), por causa do forte aclive que precisa ser vencido para lá chegar, mas o esforço é largamente recompensado. Seja pela viagem cultural, seja apenas para tomar um vinho e curtir o frio e os passeios ao ar livre, Triunfo acolhe muito bem os seus visitantes e é parada obrigatória para quem deseja conhecer melhor os principais destinos turísticos do sertão nordestino.

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Centro histórico

Qanta história e quanta coisa interessante para se ver e fotografar numa única manhã, durante uma caminhada pelo centro histórico de Petrolina!

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Sempre alerta

Montando guarda no muro que fica ao lado do Centro de Cultura João Gilberto em Juazeiro/BA.