domingo, 20 de abril de 2008

Primeira noite em casa

Mudei ontem. Contratei uma pickup e fiz a mudança do hotel para o apartamento. Mais uma. Pequena, mas mudança. Contrariando as expectativas, a mudança principal, que vem de SP, não chegou. Talvez chegue na segunda. E o carro também não ficou pronto. Talvez fique na terça. Moral da história: eu estou num apartamento (praticamente) vazio, sem TV, sem telefone, sem Internet, sem carro e sem ninguém conhecido por perto. Vão ser três dias divertidos.

O vizinho de baixo tem um cachorrinho muito simpático e cheio de vitalidade. Ele é muito falante e tem um lindo timbre de voz. Ele possui muitos amigos na vizinhança e está sempre disposto a um bom papo, não importa o horário. Não vejo a hora de conhecê-lo pessoalmente e, se possível, desfrutar de alguns momentos a sós com ele.

Não se compara, no entanto, com a alegria dos fiéis e do padre na missa do sábado à noite e nas missas do domingo de manhã. Parece que temos aqui um padre musical, que conta com um grupo de fiéis que adora soltar o pulmão logo cedo. A voz do padre nem é tão forte, assim como o acompanhamento do violão, mas, como eles precisam se sobressair no coral dos fiéis, é natural que sejam amplificados por poderosas caixas de som. Quando olhei o relógio pela primeira vez eram 6 horas da manhã, mas creio que a primeira missa deve ter começado antes, lá pelas 5 horas. Vou ficar aguardando ansiosamente pelas próximas.

Hoje será minha segunda noite no apartamento, e sinto que terei que tomar as providências para lidar melhor com aqueles pernilongos que nos fazem companhia e sussurram em nosso ouvido durante toda a noite: comprei ventilador, inseticida etc. De qualquer forma, espero que eles estejam vindo diretamente do rio, e não façam escala prévia na casa de alguém com dengue.

Ontem eu almocei num restaurante chinês no shopping, e depois jantei na "Francesco Pizzaria", na orla do San Francisco River. Prometo que não levarei ninguém para conhecer nenhum desses dois lugares.

Um comentário:

Roseli disse...

Marcus,
acabei de ligar para vc, e, surpresa!!vc não estava em casa! Adorei seu prédio, muito melhor do que eu esperava (pra Petroland, claro). Se precisar que te envie or sedex alguma coisa, avise. beijinho,Roseli