quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Mandou bem

Ela veio do tamanho do clamor, e sem abrir mão das preliminares que fazem a sua fama em locais onde aparece com mais freqüência e também com mais violência. O céu escureceu aos poucos depois do almoço, e lá pelas 16:30hs despencou com tudo que tem direito. Pingos grossos, vento forte, ruas e calçadas inundadas rapidamente, ela foi o assunto do dia, tanto no mundo real quanto no virtual, e perdurou até o final da tarde, quando se retirou sem pressa. Lavou a cidade e a alma de um monte de gente que, das lojas e das casas, olhava incrédula para o fenômeno. Vários, inclusive, aproveitaram para tomar o aguardado banho de chuva. Eu mesmo não me lembro de ter visto nada assim por aqui nesses últimos quatro anos e meio. Já agora, de noite, sei que não vou precisar ligar o ventilador nem dormir na sala para poder respirar um pouco. Se por aqui ela é muito bem-vinda, só posso mesmo imaginar a festa que deve ter sido na zona rural, onde as notícias que chegavam davam conta de que os pequenos produtores estavam quebrando de forma cruel. São Pedro mandou bem, mas poderia mandar mais vezes. Fica a dica!

Nenhum comentário: