sábado, 27 de outubro de 2012

Back to Araripe

Depois de quase três anos, estive novamente na Chapada do Araripe nesse último feriado. O roteiro de três dias, que funcionou bastante bem, fica aqui como sugestão para quem quiser se aventurar por aqueles lados: saindo logo cedo na manhã do primeiro dia, e seguindo caminho através de Ouricuri e Bodocó, é possível almoçar em Exú e aproveitar para visitar o Parque Aza Branca. De volta em marcha, surge a subida da chapada e depois um longo caminho em linha reta pela sua superfície, onde se situa a divisa entre os estados de Penambuco e Ceará. Um pouco antes de começar a descida, há uma estrada à esquerda, sem acesso óbvio. É necessário fazer um retorno ou entrar direto, com muito cuidado. Essa estrada passa por Nova Olinda, onde é possível visitar o geossítio Pedra Cariri, e depois nos leva até Santana do Cariri, onde fica o geossítio Pontal de Santa Cruz, com uma belíssima vista da região. Após o por-do-sol, hora de ir para o hotel, que nesse caso ficava no Crato.

No dia seguinte pode-se começar visitando o Arajara Park em Barbalha (para quem está com crianças e quer tomar banho de piscina) ou então ir direto para o geossítio Riacho do Meio, na mesma cidade, onde trilhas curtas, pequenos lagos e cascatas fazem a festa dos aventureiros. Hora de almoçar e, depois, ir para o geossítio Cachoeira de Missão Velha na cidade de mesmo nome. Se for primeiro semestre, existem boas chances de que a água esteja escorrendo e em grande volume. Se for no segundo semetre, será possível apreciar a formação rochosa em toda a sua grandeza e bem de perto. Final de mais um dia, hora de descansar.

O terceiro e último dia fica reservado para o geossítio Colina do Horto em Juazeiro do Norte, nome pomposo para o local onde fica a famosa estátua do Padre Cícero que atrai milhares de romeiros ao longo de todo o ano e que apresenta, como atrações adicionais, o Museu do Padre Cícero, com uma coleção impressionante de roupas, objetos, ex-votos etc e dezenas de lojas com produtos relacionados. Nada disso, no entanto, é tão interessante quanto ver a devoção dos visitantes ao padim Ciço. Uma verdadeira aula de Brasil, imperdível para quem quer conhecer melhor as nossas tradições e o perfil da nossa religiosidade. Almoço e vamos embora, queremos chegar em Petrolina não muito tarde da noite!

Clique aqui para ver algums fotos desse roteiro, especialmente do último dia em Juazeiro do Norte.

Nenhum comentário: