sábado, 12 de março de 2011

Bom demais, bom demais!

Foi tudo de bom e muito mais. Galo da Madrugada, Enquanto Isso na Sala de Justiça, Eu Acho é Pouco, Mulher na Vara, O Pinguço, Odair José, Felipe Cordeiro, Bloco da Saudade, A Cabra Alada, Bar Royal e Cinza das Horas foram apenas os pontos altos de cinco dias de puro prazer, do mais elevado deleite, das melhores emoções e da mais profunda alegria. Olinda e Recife deram mais uma vez um show de cultura, de animação e de profissionalismo. Sorte de quem, como eu, teve o privilégio de poder desfrutar do melhor Carnaval do mundo, num clima de total organização e segurança e na companhia dos amigos queridos.

2 comentários:

Robson disse...

Valeu Marcão,
realmente um carnaval inesquecível, como já diria um antigo presidente, "Nunca antes na história deste País, houve um carnaval tão belo, alegre e esfuziante quanto este". Que venham muitos outros. Olinda 2012, estaremos lá.
Abraços

Marcus Ramos disse...

É isso aí, Robson! Vamos repetir a dose, só que dessa vez com maior comodidade. O que já era insuperável agora vai ficar divino.
Abraço.