terça-feira, 31 de agosto de 2010

Orquestra Opus 68

A história deles é recente e ousada: montar uma orquestra sinfônica no sertão nordestino, contando com poucos recursos e infraestrutura. Mas a vontade e o trabalho são grandes, e a Orquestra 68 do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão, campus Petrolina, conta agora com uma iniciativa pioneira e louvável sob todos os aspectos.

Tendo como ponto de partida a dedicação e a persistência do maestro Ozenir Luciano, seu regente e principal educador, a orquestra começou as poucos, reunindo alunos com interesse em música. Pelo que eu sei, o trabalho começou na base mesmo, ensinando os fundamentos da música e dos instrumentos para esses alunos igualmente ousados, curiosos e dedicados. Vale lembrar que o IF não possui curso de música, e que todos eles são alunos regulares dos demais cursos da instituição (química, enologia etc).

Eu assisti a Orquestra Opus 68 pela primeira vez na Festa do Tamarindo, em Caboclo, em agosto de 2009. Depois disso foi na comemoração de 30 anos da Tenda Galeria de Arte e finalmente na inauguração do Complexo Multieventos da UNIVASF. De lá para cá, a agenda deles vem sendo cada vez mais demandada e hoje eles são presença obrigatória em eventos e solenidades onde a elegância, o bom gosto e a sofisticação precisam estar presentes. Musicalmente (tanto do ponto de vista da técnica quanto do repertório) também se percebe evolução a cada novo concerto, e por isso é sempre um prazer poder assistir às suas apresentações.

As imagens que eu mostro dessa vez são da apresentação realizada no último sábado, dia 28/08/2010, durante as comemorações da Festa do Tamarindo em Caboclo, no município de Afrânio. Vejam as fotos e prestigiem a nossa orquestra, o nosso maestro e os nossos músicos!

As fotos: http://www.marcusramos.com.br/opus68/.

8 comentários:

Anônimo disse...

Orgulho de fa zer parte desta tragetória de sucesso! By: Miralva Santos

Marcus disse...

Olá Miralva,
Seu orgulho é mais do que justificado. Parabéns e sucesso na sua carreira!

Anônimo disse...

Me sinto muito feliz por participar também! mais do que uma orquestra somos uma família, e graças a Deus nosso trabalho está sendo reconhecido, e isso só nos faz mais empenhados a fazer cada vez melhor!'Ayla Ribeiro'

Anônimo disse...

É tao grande a minha satisfação de tocar é ver tantos sorrisos a aplaudir e se encantar com essa família chamada Opus 68. Um sonho que se tornou realidade mais que ainda continua sendo um sonho de tão grandioso e inimaginável que é. Só posso dizer obrigada a todos que um dia já nos assistiram a você Marcus pelo maravilhoso trabalho. =D Sandrevania

Marcus disse...

Olá Sandrevania,
É sempre um prazer poder assitir e fotografar a Orquestra Opus 68.
Abraço.

Andréia Opus68 disse...

Obrigada por estar conosco em nossa tragetória!

Visite nosso blog:

http://orquestraopus68.blogspot.com

Marcus disse...

Olá Andréia,
É sempre um prazer. E parabéns pelo lindo trabalho que vocês estão fazendo.
Abraços.

Ian disse...

a orquestra foi uma boa iniciativa, mas o nordeste não é um lugar miseravél a ponto de não ter nada q ajude na formação de orquestra.
Vc acha q as cidades nordestinas são um bando de matagal?