quarta-feira, 2 de junho de 2010

Anotem essa

Não fiquei nem quinze minutos no lugar. Mas não precisei de nem um minuto para ficar encantado com tudo o que eu vi, e fui embora de lá prometendo para mim mesmo um breve regresso.

Diferente de tudo que eu já conheço na região, Triunfo (350Km de Petrolina, fronteira com a Paraíba) é uma cidade especialíssima. Diferenciada na topografia, na vegetação, no clima, na arquitetura, no urbanismo, no lazer, na hospedagem etc, ela é cheia de detalhes e sutilezas para serem exploradas e apreciadas.

Mas, assim como acontece com todo bom vinho, Triunfo não pode ser consumida com o olho no relógio. É necessário ter a calma e o tempo suficientes para poder entender, analisar, degustar e retirar o máximo de prazer que ela pode nos proporcionar.

E que tal então Triunfo (que possui as temperaturas mais baixas do estado de Pernambuco) acompanhada por um bom vinho? Será um evento digno das melhores lembranças, tenho certeza. Fica, portanto, para um futuro breve.

P.S. O belo edifício da foto é um cinema/teatro de 1922.

Nenhum comentário: