domingo, 9 de agosto de 2009

Cana Brava


A carne de sol é um prato típico do nordeste, mas não é em qualquer lugar que se pode apreciar uma carne macia, suculenta e bem-temperada, acompanhada por uma macaxeira leve, delicada e quase desfeita.

Depois de experimentar muita carne de sol supostamente bem preparada, aqui e em vários lugares diferentes do nordeste, foi apenas ontem, no Restaurante Cana Brava, que eu consegui me surpreender com a qualidade do prato. Além dos atributos acima, ela é muito bem servida (três pessoas se servem bem com apenas uma porção) e, segundo relatos confiáveis, o restaurante mantém uma regularidade na qualidade e no tamanho das porções que não é usual se encontrar por aí.

O local é um boteco de esquina com mesas na calçada, bem simples e sem nenhum luxo. Se não tivesse sido recomendado, eu jamais pararia em frente para experimentar o que quer que fosse. Talvez apenas uma cerveja (aliás, bem gelada), e olhe lá. O único indicativo de que lá existe algo especial parece ser a lotação, pois consta que, mesmo durante a semana, não é fácil conseguir mesa.

Fica então a dica para quem quiser uma ótima carne de sol. Seguindo pela rua do cemitério, você faz o retorno logo depois do posto BR, dobra à direita assim que passar por ele, e depois entra na segunda à direita. Infelizmente não anotei o endereço nem o telefone.

Um comentário:

Carmem Masutti disse...

Eu concordo totalmente contigo... Amo este lugar. Precisamos marcar com Edna, Lino, Masutti, para irmos lá num sábado.